• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • I Encontro Estadual do Fórum Paulista no MPT-SP
  • Protocolo Administrativo
  • trabalho infantil capa face
  • aviso suspensão Osasco para mudança

I Encontro Estadual do Fórum Paulista no MPT-SP

Tema é o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

São Paulo, 7 de junho de 2017 - O Ministério Público do Trabalho em São Paulo vai sediar no dia 13 de junho, às 13:30h, o primeiro Encontro Estadual do Fórum Paulista de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil. Para participar, é necessário inscrever-se na página do MPT: http://servicos.prt2.mpt.mp.br/informe-se/eventos/

Com palestras de representantes do MPT, do Tribunal Regional do Trabalho da 15a Região e da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, o encontro terá também lançamento de uma exposição e reforço da campanha nacional Chega de Trabalho Infantil.

Adicionalmente, entidades como Fecomerciários, Fundação ABRINQ, PRF (Polícia Rodoviária Federal), Rede PETECA e SENAC formarão um painel de boas práticas de combate ao trabalho infantil.

Campanha nacional
A campanha “#ChegadeTrabalhoInfantil” é uma iniciativa nacional do MPT, por meio da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes (Coordinfância), que busca o engajamento dos internautas nas redes sociais, incentivando-os a postar o gesto da “hashtag” em seus perfis como forma de apoio à causa contra o trabalho irregular de crianças e adolescentes.

A campanha conta também com o apoio de personalidades da música e dos esportes - os cantores sertanejos Daniel, Chitãozinho e Xororó, o ex-jogador de vôlei Maurício Lima e a ex-jogadora de basquete Hortência Marcari

A campanha foi desenvolvida pela agência Bretas Comunicação/B52 com o uso de verbas oriundas de acordos firmados com empresas do interior e da Grande São Paulo. Os artistas e esportistas que participam da iniciativa não cobraram cachê. Os canais disponibilizados pela campanha buscarão o engajamento dos internautas nas redes sociais, incentivando-os a postar o gesto da “hashtag” em seus perfis como forma de apoio à causa contra o trabalho irregular de crianças e adolescentes.

Dentre os produtos disponibilizados aos internautas estão um site temático (www.chegadetrabalhoinfantil.com.br), contendo um blog com notícias, atualidades, orientações e prestação de serviços, além de um local dedicado a artigos e opiniões de especialistas. A campanha tem uma fanpage no Facebook e um canal próprio no YouTube. Os artistas gravaram vídeos com duração de 30 segundos com o mote da campanha, o “Hashtag neles”.

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos