• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • Escola de idiomas terá de oferecer bolsa de inglês a jovens negras e negros
  • Sem título-1
  • cartaz 2
  • peticionamento eletronico DTI
  • AVISO TELEFONIA2

Escola de idiomas terá de oferecer bolsa de inglês a jovens negras e negros

Unidade em Campo Belo da Wise Up assinou TAC com MPT e se comprometeu a reservar uma vaga a bolsista. Inscrições para sorteio serão de 15 a 18 de outubro.

São Paulo, 25 de setembro de 2018 – A escola de inglês Wise Up Campo Belo irá oferecer uma bolsa de estudos em sua unidade para sorteio entre jovens negras e negros, em função de obrigação que assumiu em acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo.

A empresa foi denunciada por anunciar vagas de emprego e depois dizer aos candidatos selecionados que deveriam passar por período de experiência, na empresa, vendendo cursos de inglês, sem registro em carteira de trabalho. Segundo a procuradora do Trabalho Elisiane Santos, que conduziu o caso, a prática configura fraude às relações de trabalho, pois mantêm trabalhadores à disposição, com falsa promessa de emprego. Ela afirma que “a empresa não pode se utilizar da mão-de -obra de candidatos em processo de seleção”.


A prática também foi identificada em outras empresas da franquia Wise UP, nas unidades Augusta, Santo Amaro e Paulista, em 2017. Por conta das infrações, a empresa se obrigou junto ao MPT-SP a destinar 10 bolsas de cursos de inglês também para jovens negros e negras, que já estão frequentando as aulas.

No acordo firmado, um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), a Wise Up Campo Belo se comprometeu não manter empregados trabalhando sem registro em carteira. "Deverá prestar informações claras sobre as vagas oferecidas nos anúncios divulgados, bem como a forma de realização do processo de seleção. O processo de seleção não constitui treinamento na função de vendas, ou seja, a empresa não pode se utilizar de mão de obra de candidatos em processo de seleção." Também se obriga a conceder bolsa de estudo integral a pessoa com menos de 30 anos, de origem étnico-racial indígena, preta ou parda, e renda familiar de até 2 salários mínimos. A bolsa abrange matrícula, material didático e mensalidades ao longo de 1 ano.

Para concorrer ao sorteio da bolsa, basta se inscrever de 15 a 18 de outubro no link https://goo.gl/forms/UzjGOyb55N4aQgQq1 . O sorteio acontece em 19/10/2018 às 11h no Ministério Público do Trabalho em São Paulo. O curso está previsto para início em 07/11/2018 na unidade Campo Belo da Wise Up (R. Dr. Jesuíno Maciel, 652 - Campo Belo, São Paulo. Telefone: 11 5093-2272.

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos