• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • Oficina de Poesia em Libras reuniu público com deficiência auditiva e ouvinte para apresentações de poesia
  • 20 de novembro
  • Seminário Nanotecnologia
  • edital atualização
  • COMUNICADO PORTARIA 2132
  • peticionamento eletronico DTI
  • BRASILIT BANNER

Oficina de Poesia em Libras reuniu público com deficiência auditiva e ouvinte para apresentações de poesia

Com o objetivo de sensibilizar o público interno do MPT em São Paulo para as diversidades da deficiência e as variadas formas de comunicação interpessoal, o Comitê Gestor Regional de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade do MPT em São Paulo organizou, dia 28 de agosto, a Oficina de Produção de Poesia em Libras e Língua Portuguesa. A atividade foi ministrada pelo grupo Slam do Corpo, representado por Leo Castilho, Cauê Gouveia e Érika Mota, que desenvolveu trabalho corporal aliado a representação textual e gestual, tradução e performance, criando oportunidade artística para que pessoas surdas e ouvintes tivessem a oportunidade de se encontrar em um espaço comum de criação.

 

O resultado da oficina foi apresentado em forma de performance de histórias criadas em grupo, baseadas em conflitos e outras situações cotidianas dos participantes, e “batalhas”, ou “slam” de poesias que misturam Libras, voz, português, texto escrito e corporal, conhecido.
Participaram da atividade membros e servidores do MPT e convidados ouvintes e surdos. A procuradora do Trabalho Elisiane dos Santos, membros do Comitê, aproveitou o evento para explicar sobre o papel do MPT na inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho “Temos diferentes áreas de atuação, uma delas é a promoção da igualdade e o combate à discriminação e na inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho – essa é a atuação do MPT para a sociedade.”

A oficina foi encerrada com mais poesia, e depoimentos de experiências reais de preconceito vividas pelos participantes no mercado de trabalho. Com o apoio do MPT, o grupo Slam do Corpo irá se apresentar na próxima sexta-feira, 6/9, no Unibes Cultural, Rua Oscar Freire, 2500, ao lado do metro Sumaré. A entrada é franca.

Slam do Corpo

O Slam é uma batalha de poesias, um jogo, uma celebração. Slam do Corpo é o primeiro Slam de surdos e ouvintes do Brasil. Duplas de poetas (um surdo e um ouvinte) se apresentam ao mesmo tempo em português e Língua Brasileira de Sinais, criando um encontro potente entre as línguas.

 

 

DSC 0024
DSC 0024

 

 

DSC 0047
DSC 0047

 

 

DSC 0058
DSC 0058

 

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos