• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
    • 20 de novembro
    • Seminário Nanotecnologia
    • edital atualização
    • COMUNICADO PORTARIA 2132
    • peticionamento eletronico DTI
    • BRASILIT BANNER

    João Eduardo de Amorim, procurador-chefe do MPT em São Paulo, recebe comenda da Ordem do Mérito do TRT-2

    São Paulo, 08 de outubro - Na segunda-feira (7), o recém empossado procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho em São Paulo (MPT-SP), João Eduardo de Amorim, foi condecorado com a comenda (no grau Grã-Cruz) da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho da 2ª Região, entregue pela presidente do TRT-2, desembargadora Rilma Aparecida Hemetério. A homenagem aconteceu durante a sessão plenária do TRT da 2ª Região, no Salão Nobre do Ed. Sede, em São Paulo-SP.

    Imprimir

    Amissima assina TAC por trabalho escravo

    Em fiscalização, foram encontradas 14 pessoas que trabalhavam em situação análoga à escravidão

    São Paulo, 07 de outubro de 2019 - A marca e confecção de roupa feminina Amíssima assinou, em 18 de setembro, um termo de ajuste de conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho em São Paulo (MPT-SP). Investigação verificou que a empresa se utilizou de trabalho análogo ao escravo em sua cadeia de produção.

    Imprimir

    Stemac é processada em 1 milhão por meio ambiente de trabalho

    São Paulo, 07 de outubro de 2019 - No dia 30 de setembro, o Ministério Público do Trabalho em São Paulo (MPT- SP) ajuizou uma ação civil pública (ACP) em face a empresa Stemac S.A., que fabrica aparelhos e equipamentos para distribuição e controle de energia. A ação é resultado de inquérito civil instaurado para investigar o cumprimento das normas de saúde, segurança e medicina do trabalho, em especial da NR-10. Foi requerida também a condenação da empresa a pagar uma indenização de R$ 1 milhão em danos morais coletivos. 

    Imprimir

    Seminário Além da Cota, promovido pelo MPT, apresentou boas práticas de inclusão

    São Paulo, 27 de setembro – O Seminário “Além da Cota: Em defesa dos direitos da pessoa com deficiência ao trabalho”, promovido pela Coordenadoria de Promoção de Igualdade de Oportunidades e Eliminação da Discriminação no Trabalho (Coordigualdade) do MPT em parceria com o Espaço Cidadania,  reuniu trabalhadores, empregadores, poder público e movimentos sociais em 3 mesas de debates para esclarecer sobre o direito das pessoas com deficiência ao trabalho.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos